TODOS NÓS NASCEMOS COM O PODER

Postado em: 19-03-2018

A maioria das pessoas apenas sobrevivem ao estilo Zeca pagodinho… ” deixa a vida me levar, vida leva eu… ” passam uma vida inteira acreditando que não são merecedoras de uma vida extraordinária e que tudo o que lhes acontecem é “Porque tinha que ser assim”… Eu não acredito nesta ideia em que tudo está programado, se isto fosse uma verdade, me desculpem, mas seria uma sacanagem cósmica conosco! Nosso pai criador nos deu o DOM do LIVRE ARBÍTRIO , todos nós temos o PODER de escolhermos e tomarmos as melhores decisões em nossas vidas.

O PROBLEMA é que a maioria das pessoas não confiam nesse PODER dado pelo criador, e simplesmente escolhem não usá-lo, deixa me dizer algo… Decidir não decidir, já é uma decisão!!! Desde muito jovem eu Júlio Miranda tinha certeza desse dom e desse poder, apenas decidir utiliza-lo todos os dias de minha vida.

Aqui vai outra fórmula para você baseada em minhas crenças pessoais… GRATIDÂO + DECISÃO = REALIZAÇÃO

Júlio, como posso exercer este poder que me foi dado? AGINDO! Quando você se sentir grato, merecedor de prosperidade, quando verdadeiramente tomar a decisão que Deus planejou para todos nós que é buscarmos sempre o melhor, a evolução pessoal, que é nos sentirmos confiantes e entusiasmados com a vida, quando você se sentir dessa maneira, a última barreira entre você e uma vida plena será uma palavrinha de 4 letras… essa palavrinha libera o poder máximo que há em nós, essa palavra é AÇÃO!

Logo, podemos aperfeiçoar a fórmula… GRATIDÃO + DECISÃO x AÇÃO = REALIZAÇÃO
Eu declaro que você nasceu para comer o melhor desta terra!!! É nisso que eu acredito!!! Prosperidade e abundância nos foi concedidos sem limites!!! Sou extremamente grato a Deus por conseguir escutar essa canção universal… por me sentir merecedor.
Eu falo em todas as minhas palestras e seminários o seguinte… A gratidão é uma pré-qualificadora do sucesso, da prosperidade. É a primeira chave que destrava a engrenagem do PODER.

A escolha é sua… A escolha é nossa!conta comigo e que Deus nos abençoe tremendamente.

Fraternalmente,
Júlio Miranda.